Honestidade sem liderança

Honestidade sem liderança

Nenhum comentário em Honestidade sem liderança

Honestidade sem liderança. Cheguei a esta definição diante de toda a turbulência política, caos na segurança pública, fracasso da educação básica e profissionalizante, atendimento precário na saúde, o crescente desemprego, as reformas trabalhistas e previdenciárias, a reforma política fora de pauta e a economia em níveis nada animadores.

Honestos sem líderes. Este pode ser o resumo da realidade, se analisarmos a linha sucessória da Presidência da República, Senado, Câmara dos Deputados, em muitos Estados, Assembleias Legislativas, Prefeituras e Câmaras de Vereadores.

Honestos não escolhem líderes honestos. Esta afirmação parece verdadeira se olharmos para as diretorias de clubes, comunidades, associações, cooperativas, fundações, grupos organizados que são questionados em sua eficiência e transparência.

Honestos são preteridos em candidaturas e eleições. Honestos, frequentemente, são classificados como fracassados por não atingirem altos postos de comando ou não acumularem muitos bens. Honestos são vistos com reserva por não aceitarem conchavos. Honestos são isolados por grupos fraudadores sonegadores, falsificadores… Honestos são mau exemplo para demagogos, mentirosos, falsos, ladrões …

Ser honesto não está fácil. Ainda assim, parece-me ser a melhor escolha, o melhor caminho.

Celeste Dummer
Professora

Sobre o autor:

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Você deve estar logado para postar um comentário.

Selecione o período

Back to Top